Como comprar produtos importados para revenda

Produtos-Importados-para-RevendaUma boa opção para complementar o orçamento ao final do mês é a tão conhecido produtos importados para revenda.

Claro que em tempos de crise o mercado não é tão amigável com o vendedor, por isso vale pesquisar bastante antes de escolher o produto que irá ser vendido e notar qual será seu público alvo.

No caso de produtos digitais será necessário ter licença para comercializar, caso não a possua seu novo negócio será considerado ilegal.

Em outros casos você pode atuar como representante comercial de produtos de revenda. Funciona da seguinte maneira: o fornecedor lhe dará os produtos em estoque e você ganhará uma comissão por cada venda.

Como há muitas opções de mercado, faça seu trabalho de casa e veja qual delas mais se adéqua ao seu estilo de vida e seu horário livre.

1. Revenda como afiliado

É uma maneira bem simples de se ganhar dinheiro, você pode entrar em uma plataforma online como o Hotmart, se inscrever como afiliado e procurar no catálogo produtos que te interessam para promover, seja em blogs, vlogs, redes sociais entre outros.

Você ganha de acordo com a comissão estabelecida pelo criador do produto, ou seja, cada vez que alguém compra o produto através de um espaço onde você promoveu a mercadoria, você leva sua comissão.

Os valores da comissão não tem um limite estabelecido, pode ser de R$0.05 a R$100,00 por isso vale negociar com o fornecedor.

Vale ressaltar que é necessário ter conhecimento sobre os produtos importados, então é uma boa pedida solicitar algumas amostras do criador antes de começar a vender.

2. Infoprodutos

Como o nome já diz, os infoprodutos são produtos online protegidos por licença e direitos autorais.

Para começar a vendê-los é necessário comprar a licença com o revendedor. Lembrando que revender esse tipo de produto sem licença é ilegal.

Um dos infoprodutos mais vendidos atualmente são os e-books, por ter vários assuntos é um ótimo produto, contanto que escolha sabiamente de acordo com seu público alvo.

Aconselho novamente o Hotmart para se tornar revendedor de e-books e funciona da mesma maneira conforme foi explicado acima.

3. Revenda por catálogo

Esse é um grande conhecido nosso.

Os catálogos vieram e até hoje é um negócio viável que pode ser conduzido concomitante com seu trabalho de período integral e dá para fazer uma graça ao final do mês.

Além das empresas que já são conhecidas como Avon, Natura, Jequeti outras estão entrando nesse espaço como Boticário, Mary Kay, Mona Vie e HerbaLife dando assim oportunidade e um grande leque de opções para quem quer começar o negócio.

Mais uma vez é importante definir um público alvo na hora de escolher seu produto e analisar o mercado para ter sucesso.

4. Calçados e roupas

Por fim resta-nos a revenda de calçados e roupas.

Quem mora nos grandes centros metropolitanos sabe que esses artigos estão cada vez mais caros, então por que não reservar um final de semana por mês para ir até as fábricas e comprar esses produtos no atacado?

A revenda pode ser feita em casa de amigos, feiras na cidade ou até mesmo por lojas virtuais.

Ou seja, vale usar o jogo de cintura, a simpatia de vendedor e produtos importados de qualidade para garantir sua renda extra ao final do mês.